domingo, 5 de agosto de 2007

O Amor

A lenda do Par Perfeito:

Um dia uma princesa decidiu que queria o Par Perfeito. Filha de um poderoso rei, resolveu procurar as principais pessoas sobre o assunto...Queria de qualquer forma, um amor para namorar, noivar e casar.
Foi dessa forma que encontrou um guru que era o mais entendido nos assuntos do coração e das magias.
Pediu à ele um homem perfeito cujo corpo fosse saudável e atlético, o cérebro inteligente e as atitudes sábias.
O guru então fez a primeira magia e descobriram um homem atleta, gatérrimo, e se parecia o próprio deus Apolo. Mas, de tanto utilizar os músculos, ele se esquecia de trabalhar a mente, não sabia nem ler. Foi então que a princesa pediu por outro homem.
A segunda magia foi feita, descobriram um filósofo que lia e escrevia o dia todo, mas era franzino e baixinho. A princesa então também não quis.
Ficou desapontada.
Como era difícil achar um Par Perfeito?
O guru também informou que não haviam mais homens interessantes no reino mas que poderia tentar a terceira magia: Trocar as cabeças dos corpos do atleta com o filósofo.
E assim foi feito:
Porém, já no primeiro dia.....o que estava com a cabeça do filósofo e corpo do atleta...parou de se exercitar e começou a ler...e a ler muito..e em poucos dias...voltou a ser magro...e franzino. E nesse mesmo dia, o que estava com a cabeça do atleta e corpo do filósofo começou a correr, a saltar....a carregar peso, a bombar...(e nada de ler ou pensar)...e ficou musculoso...
Dá para imaginar que a princesa morreu sozinha, não é?
Para que a estória (ou história) tivesse um final feliz seria preciso aprender a gostar das pessoas vendo-as como elas são....e deixar que "perfeito" seja apenas o desejo.....
Geralmente não amamos uma pessoa mas a representação idílica dela e se encontramos alguém queremos, ou forçamos, que o Ser seja modificado para que se materialize uma idéia que é só nossa.....
Queremos encontrar a nós mesmos em outros corpos diversificados e não entendemos ou fugimos do encontro real. O outro vive sobre o fardo de nossa projeção.
Sem entender a intersubjetividade do encontro.....lamentamos chegar na esquina e não encontrarmos mais do que sombras.

3 comentários:

gisele disse...

Nossa que história legal...
Realmente procuramos pessoas que em nossa mente sejam perfeitas mas sabemos que nunco conseguiremos encontrar já que toas as pessoas tem defeitos. Mesmo sabendo que as pessoas não são perfeita tentamos achar...em vão
Acho que aprender a respeitar os defeitos é principal caminho para achar uma pessoa ideal.

muito legal os textos do blog

Gisele

maine disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
maine disse...

"O Amor"
Uma palavra pequena com o significado grande demais pra escolher como lhe dar com ela ou viver com isso.
Na vida vivemos e aprendos mas muitos de nos não sabemos lhe dar com esse sentimento lindo que temos.Não devemos escolher e sim deixa que o mundo gire em torno da gente pois quem muito escolhe acaba sendo escolhido pela a qual razão?A razão de querer ser melhor do que os outros ...
Amar é coisa mais maravilhosa do mundo mas viver intensamente e achar a pessoa que te completa pelo jeito dela ser é melhor ainda por isso ame e vive intensamente e esqueça e pare de pensar em ser perfeito ou melhor que as pessoas apenas seje vc mesmo....