sábado, 11 de agosto de 2007

O martírio paraguaio


Infelizmente, não são atuais fatos como genocídios ou guerras bacteriológicas e virais. Durante a Guerra do Paraguai (1864-1870), a Tríplice Aliança formada por Brasil (chefiado por Duque de Caxias), Argentina e Uruguai aniquilaram cerca de 70% da população paraguaia que só se entregou com a morte de seu ditador em batalha Solano Lopez. Entre as armas utilizadas no território guarani, foram jogados cadáveres infectados por febre amarela e malária de negros escravos que combatiam nos rios que abasteciam as populações civis. Tudo financiado pela Inglaterra, pais do qual a maioria dos demais era servil. E para quem não sabe o Paraguai nesse período era um pais sem analfabetos e com franca prosperidade, exatamente o oposto do que se tornou. A nação guarani lutou com homens, mulheres e crianças. O Paraguai aguarda por respostas que nunca vieram.........

Indicação de Leitura: Chiavenato, Julio José. A guerra do Paraguai

e: http://www.highrisemarketing.com/djweb/historia/textos/guerraparaguai.htm

Nenhum comentário: