quinta-feira, 17 de julho de 2008

É preciso cultura para cuspir na estrutura..

"É preciso cultura para cuspir na estrutura", essa frase vem de uma das letras interpretadas por Raul Seixas.
Muitas vezes as pessoas crêem que falar em voz alta é contestar porém estão longe disso. Caem numa argumentação vazia e infecunda.
Qualquer assunto de crédito é dado por leituras, por provas científicas, por aprendizado, mesmo levando-se em conta que as "verdades" são por vezes transitórias assim como crenças e valores.
Feliz é aquele, que com conteúdo, consegue interpretar situações. Assim, a leitura se faz necessária para um bom exercício de conhecimento ...
Algumas pessoas nascem com uma constituição neurológica privilegiada, mas mesmo assim não é condição para que contestem algo de forma clara e definida...sem bases advindas geralmente de teórico passado e presente.
Gritar, xingar, esbravejar geralmente vem quando estamos perdendo as rédeas racionais do diálogo, que por sua vez, tem esse nome por confirmar a presença de pelo menos duas pessoas numa conversa...sendo que ambas devem falar e ouvir...
De nada adianta criticar a crise política no Brasil, muito menos discutir por ela se não entendemos a ordem política, suas leis e seu histórico...
As pessoas dizem "Não gosto de política" mas sabem o que é Política? Sabem que Pólis, entre seus muitos significados, diz respeito ao bem estar da cidade onde mora? Sabem que participam dessa Pólis, trabalhando, pagando impostos? Da mesma forma não entendem as leis das quais reclamam como injustas...

6 comentários:

Renata disse...

Concordo... só abra a boca para falar quando souber que suas palavras serão melhor do que o silêncio!

Britto disse...

Quanto menor o grau cultural brasileiro, mais fácil fica para àqueles que detém o poder e os meios de comunicação. De nada adianta o pessoal do Rap fazer músicas criticando a sociedade se nada fazem de prático. Não só falta cultura ao nosso povo como também falta atitude, inclusive de minha parte.

Marcelo Figueiredo disse...

Bela reflexão que provoca-nos e nos dá aquela sensação de inutilidade.Reclamamos de exclusão social quando na essência somos parte dela.
Gostei muito do Blog Professora Cecilia...Quando quiser visite o meu.

Anjo Triste disse...

Nossa amiga escritora NÃO leu direito a musica do nosso poeta Raul Seixas quando perdeu seu tempo em uma MÁ interpretação de da letra Não Fosse O Cabral - Raul Seixas.
Na verdade não é preciso ter cultura pra cuspir na estrutura,oque a musica diz "Falta de cultura
Prá cuspir na estrutura e Que culpa tem Cabral?"

Eu que nem sou filosofo faria uma outra interpretação da letra já que sou super fã do "Raulzito"

Anjo Triste disse...

não concordo com nada que falaram,só queria que nossa amiga que escreveu o texto escute e leia a letra da musica Não Fosse O Cabral
Raul Seixas e faça outro texto com o intendimento correto da frase da letra da musica.
"Falta de cultura
Prá cuspir na estrutura e...
Que culpa tem Cabral?

ou posso dizer que "E dá-lhe ignorância
em toda circunstância.
Não tenho de que me orgulhar...
Nós não temos história,
é uma vida sem vitórias,
duvido que isso vai mudar..."

Anjo Triste disse...

"Falta de cultura
Prá cuspir na estrutura e...
Que culpa tem Cabral?

ou posso dizer que "E dá-lhe ignorância
em toda circunstância.
Não tenho de que me orgulhar...
Nós não temos história,
é uma vida sem vitórias,
duvido que isso vai mudar..."