segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

O consumismo shoppingiano

O Consumismo shoppingiano...

Se você tentar entrar num Shopping, local semi-aberto, onde geralmente o acesso é por carro, nessa época, logo na chegada se defrontará com a falta de vagas para carros.
Poderá ficar até uns 40 minutos em corredores aguardando uma vaguinha..
Se você passar por essa fase, entrará no local e terá que competir por espaço em terra com os seus rivais (os outros consumidores). Tem gente que se irrita, tem gente que gosta e a grande maioria sai com dores de cabeça tal a pluralidade de sensações dentro do interior de um Shopping.
Mas ai vem a próxima fase, vencida a multidão de shoppingianos, você precisa comprar mas comprar exatamente o quê? Existem pessoas que relatam que depois de tanto andar pelos corredores, repletos de lojas, até se esquecem do que vieram comprar. Parece que o cérebro não é muito rápido quando o corpo parece estar sufocado.
E vem a última fase: Carregar pacotes: algumas peças serão úteis outras em breve serão esquecidas. E o resumo de tudo: Você trabalha, perde partes do corpo, da mente, da paz para poder comprar.
O consumismo pós industrial é essa espécie de ditadura, onde a aparência só é fútil quando não está dentro do uniforme.
Não temos mais horas de descansos, parece até que regressamos ao período da revolução industrial onde não haviam ainda leis de trabalho..Só que agora as pessoas escolhem trabalhar, não apenas para comprar o pão e o leite nem a rosquinha, mas para comprar suas próprias máquinas, ter sua própria alto-tecnologia ou ter seu próprio atelier ..
Compramos tudo, gastamos tudo..
E para quê guardar dinheiro? Aliás há muito poucos conseguem essa proeza...O consumismo nos pega antes da poupança..
No entanto, o que acho interessante, é que dizem que existe uma Crise Internacional de Valores e não é o que dizem os Shoppings, nosso melhor ponto de encontro e happy hour aos finais de semanas..
Bem, talvez toda e qualquer crise financeira seja realmente séria quando alcançar os frequentadores desse modern point..

4 comentários:

Douglas disse...

Douglas

Professora, sabe que quando eu precisar fazer as dissertações dos vestibulares lá vo usa umas citações da Sra,OK?
Seus textossão muito bons^^.

Tudo de Bom!Boas Festas

Marco Cè disse...

Olá Célia, ainda não li mas me interessei pelo assunto... Pretendo ler e depois comentar. Em Baffi Grigi (meu blog) vc poderá analisar alguns lances filosóficos do meu romance "Genilda e a Poesia"

Cesão disse...

O consumismo nada mais é do que um reflexo de uma era extremamente materialista!
A vaidade, o dinheiro acima dos valores, a arrogância a quantidade acima da qualidade, fast foods artificiais. Creio que o mundo passa por uma de suas piores fases, tudo deve ser matéria, o que é espírito, é abandonado e esquecido!
Por um acaso, vc não se referia ao Shopping D.Pedro?

Profa. Célia Schultz disse...

Rs. Cesão na verdade, em 2 dias, eu tentei ir ao Iguatemi, ao parque D. Pedro e no Tívoli...e não consegui ficar lá dentro..Aquela multidão é sufocante...