domingo, 26 de dezembro de 2010

Novo Aeon

Ano novo existe?
Tudo é continuidade?
O tempo é uma convenção?
O tempo humano é cíclico? Aspiral?
O que é Aeon?

Como dizia a música de Elis "Como os nossos pai", o "novo sempre vem". Assim, os anos se sucedem, porém nossos atos e nosso pensamento levam muito mais que um ano para mudar, se é que conseguimos mudá-los.
Vivemos a continuidade, mas, essa também é feita de pequenas rupturas em seu processo de formação de algo.
Segundo os escritos herméticos, uma coleção de 18 obras Gregas antigas, o tempo ocorre de forma aspiral, ou seja, ele é sempre o mesmo, mas não é linear pois sempre sofre alterações. Para os herméticos tudo é Ritmo: Tudo tem fluxo e refluxo, um movimento para frente e para trás.
Todavia, Nietzsche já conceitua o "Eterno Retorno" , ou, o que diz respeito aos ciclos repetitivos da vida: estamos sempre presos a um número limitado de fatos, fatos estes que se repetiram no passado, ocorrem no presente, e se repetirão no futuro. Porém, este filósofo também não concebe o tempo como cíclico pois é preciso observar sua conceitualização sobre a "realidade".
Já Aeon ou eon é um período de tempo longo e indefinido; milhões e milhões de anos. Se falarmos em Geologia, é um período de tempo maior que uma Era, como o Eon Fanerozóico, ou um bilhão de anos. (Etmologia: aion - uma idade, vida, eternidade). Emanções de Ser a partir do desconhecido e último princípio metafísico ou Pleroma.
De qualquer forma, desde a mitologia grega antiga, sabemos que o deus-tempo, Cronos, devora implacavelmente seus filhos..
Realmente, o tempo nos devora..O que resta saber é se conseguimos mudar nosso olhar e nosso Eu, antes de sermos "devorados", ou, se preferimos o sossego da rotina, da realidade de mídia e das etiquetas? ..
http://www.youtube.com/watch?v=JTaim6jUio8&feature=related

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Qual foi o primeiro Natal comercial?


Você sabia que papai noel é São Nicolau ou St Claus e teve origem nórdica, sendo sua primeira representação comercial através da Coca-Cola em 1931, que aproveitou-se da criação do "bom velhinho", nas cores vermelho, branco e preto, do cartunista alemão Thomas Nast?. Antes, o papai noel era verde e ainda não tinha a imagem vinculada ao comércio.


O Blog da Filosofia em Casa,
Deseja que nessa data você comemore com os seus entes e caso não possa, então, em pensamento, una-se a tudo que deseja ter..
Você sabe, dentro de você, que existem coisas maiores que o comércio..

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Futebol filosófico

Como essa página parece estar parada, resolvi alegrar um pouco trazendo o movimento do futebol...
Repare na teoria triangular de Arquimedes.
Ah! Cuidado com os "complexos de complexo" pois as vezes as coisas não precisam de teorias, as vezes os jogos são muito mais simples, basta olhar para frente..

Veja o vídeo:

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Democracia ou não democracia?


A Grécia, país histórico, palco do surgimento da Filosofia no Ocidente. País de Sócrates, Platão e Aristóteles, discutiu pela primeira vez, de forma sistemática, o conceito de "democracia". No entanto, sabemos que este conceito encontra muitos muros para se tornar real e fazer parte do cotidiano internacional..
Falava-se de democracia no passado, falamos hoje, mas, será que nós, enquanto povo, estamos preparados para ela? Ou a queremos sempre utopia? Tanto tempo já se passou desde os filósofos gregos antigos, será que se subestimou a natureza humana? Ou, como na Grécia antiga, democracia era apenas para os cidadãos masculinos e nativos, os demais teriam por função trabalhar para a democracia alheia...?
Veja a notícia do canal Terra:

Gregos insultaram e jogaram ovos em muçulmanos enquanto eles realizavam suas preces

Dezenas de ativistas de extrema direita e moradores atiraram ovos e insultaram milhares de imigrantes muçulmanos enquanto eles se reuniam para rezar nesta terça-feira na praça central do Eid al-Adha, cercada por um cordão de isolamento da polícia.

A Grécia, que se tornou o principal portão de entrada para a União Europeia, tem uma comunidade muçulmana em expansão e as tensões entre a população local e os imigrantes vem aumentando em algumas regiões de Atenas, como na praça Attiki, local do incidente desta terça-feira.

Os muçulmanos de Atenas não têm uma mesquita oficial e as orações são geralmente realizadas em centros culturais, salões sociais ou apartamentos privados na cidade. A comunidade muçulmana na Grécia é estimada em cerca de 1 milhão de pessoas, em um país onde a maioria é cristã ortodoxa.

Enquanto os muçulmanos rezavam, alguns moradores da área gritaram palavras obscenas de suas sacadas e agitaram bandeiras gregas. Folhetos retratando porcos - animal que os muçulmanos consideram ser impuro - foram espalhados pela praça.

"Existe uma mesquita (não-oficial) perto daqui, mas temos medo de ir até lá", disse um imigrante de 30 anos, de Bangladesh. "Às vezes os gregos do bairro ameaçam nos matar."

Margarita Vassilatou, 56 anos, vive na praça há mais de 35 anos e disse que queria deixar o local por causa dos imigrantes:

"Isso não é vida... Temos medo deles. Muitos são criminosos. Eles carregam facas e contrabandeiam drogas."

Em outra praça, numa região mais central da cidade, em frente à universidade de Atenas, cerca de 2 mil muçulmanos rezavam em paz diante da universidade neoclássica e de antigas estátuas gregas.

No passado, medidas para construir uma mesquita na capital tiveram oposição dos moradores e de alguns padres da igreja ortodoxa grega.

No entanto, o atual arcebispo apoia a construção de uma mesquita e o governo socialista separou um terreno próximo ao centro da cidade, mas a construção ainda não começou.

As únicas mesquitas na Grécia estão na região nordeste de Xanthi próximo à fronteira com a Turquia, onde vive uma grande minoria muçulmana.

Fonte: http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI4794223-EI8142,00-Gregos+insultam+e+jogam+ovos+em+muculmanos+durante+oracao.html

quarta-feira, 17 de março de 2010

O ouro negro

Vamos falar de petróleo e entender porque Rio de Janeiro e Espírito Santo estão protestando contra a decisão dos deputados federais em distribuir os royalty entre os demais estados brasileiros?

É a partir de 1859 que ele irá iniciar a saga humana do lucro sobre ele, quando visitando a Pensilvânia, George Bissel se depara com esse produto. Percebendo-se o seu benefício, é chamado de “O ouro negro”. Em princípio servirá apenas para o querosene da iluminação, mas depois que Henry Ford funda a indústria automobilística e fabrica seu primeiro carro 1896 se torna um importante e necessário produto, sendo também utilizado depois nas guerras com o advento do avião
Quase 70% das reservas de petróleo estão no Oriente Médio, assim, se percebe a questão das guerras intermináveis no Golfo, considerando que a existência de várias multinacionais como Texaco, Móbil Oil e Esso entre outras na região árabe. Porém, como sabemos o Golfo pertence ao terceiro mundo e dessa forma, servilmente foi sempre tratado.
Entre as principais crises de petróleo podemos citar a do final da década de 70, onde o preço do barril saltou de U$ 13,00 para U$ 34,00. Isso fez o preço de seu principal derivado, a gasolina fosse disparado internacionalmente. No Brasil, por exemplo, carros como a “sensação do momento”, o Galaxie fossem vendidos rapidamente pelos seus proprietários..
Desde essa época também se diz que a reserva fóssil responsável pela produção do produto iria acabar em pouco tempo...
Não sabemos exatamente o teor dessa afirmativa, mas sabemos que se encontra petróleo até no Brasil ainda hoje...(interessante que se diz o mesmo da água)...
No Brasil, um dos defensores da existência do produto aqui foi o escritor Monteiro Lobato que inclusive gerou polêmica na década de 40. Nossa maior reserva é a Bacia de Campos no Rio de Janeiro, agora entendemos porque o Estado do Rio está em estado de protesto tão significante com a decisão dos deputados de “democratizar” os royalties.
Mas o que são “royalties”..??
No mercado do franchising o conceito de royalty é muito comum. Esse termo é usado para denotar o processo de produção e permitir sua comercialização. No caso o lucro ficaria para o próprio Estado produtor. O que os deputados querem seria a distribuição dos lucros mesmo para os Estados não produtores, lembrando que no Brasil, diferente dos EUA, o cidadão comum não pode comercializar nem deter o petróleo, apenas os governos estaduais e a união tem poder sobre o mesmo..

Agora vamos refletir:
Você já ouviu falar em Pro-alcool?
O petróleo teve e tem várias crises, o preço da gasolina sempre está alto demais para os bolsos dos consumidores, não haveriam outras alternativas de combustível?? Se existem porque não recebem o mesmo apoio??